domingo, 2 de setembro de 2007

Som Três - Tobogã

Quem escutar esse disco dificilmente vai acreditar que o cara que toca (e não só toca como fez os arranjos, idealizou e o fez acontecer) é o pianista (ou tecladista?) César Camargo Mariano! É isso mesmo o cara já foi muito do foda, (alguém aí poderia me explicar como é que pode uma pessoa mudar tanto a ponto de ficar ultrabrega? rsrsrsrs), mas voltando pro disco e pro grupo... Esse "trio" surgiu em 1966/67 e é um híbrido de dois conjuntos: Jongo Trio e Sambalanço Trio (outro projeto de responsa de César). Eles acompanharam Wilson Simonal até 1970 e depois disso o grupo se desfez, pois César passou a acompanhar Elis Regina (que acabou sendo sua esposa mais tarde). O disco: Bom... Eu to numa dúvida gigantesca, pois pra mim esse era o ultimo álbum deles, mas pelo que pesquisei, um outro que data de 1969 é creditado como sendo o último e esse aí é de 1970 (vai entender?!!!). Mas enfim, conheci isso graças aos relançamentos de raridades de música brasileira encabeçada pelo Gavin, parece-me que em cd (se encontrar...) da pra conseguir o "Tobogã" e um outro chamado "Som Três Show" os demais hum... Tudo fora de catálogo (ainda). Na seqüência vou postar outro deles (o último que foi lançado antes do penúltimo rsrsrs). Por hora acho que é isso. Meu destaque vai para: "Irmãos Coragem" que foi abertura da novela homônima, (o timbre usado é muito bom), "Bajar no México" e "Tobogã" que conta com a participação de Gerson King Combo. Então vamos lá: Boa escorregada!!! hahaha


Para Baixar e Sair Sacundindo: Som Três - 1970 - Tobogã


Para Saber Mais: Pequena História do Som Três


Postado Por Marcel Cruz

Um comentário:

Guilherme MS disse...

Grande, brigadão pelos discos do Som 3. Eu tinha procurado esses caras em outros blogs e tinha revirado a internet (impossível isso) mas não achava, aí desisti. E qual não foi minha surpresa ao encontrar dois discos dos caras aqui!!!

Então, descorod de você sobre o César Mariano ter virado brega. Ele ainda fez muita coisa muito boa com a Elis (embora ela seja vira e mexe breguinha sim). Você conhece o disco dela ao vivo em Montreux em 82?!!! Pô, é foda, e os arranjos são dele, como aliás em muitos outros álbuns.

Ah, na verdade tinha encontrado um disco deles sim, um outro que vc não tem aqui. Se quiser posso tentar encontrar na rede de novo pra você postar.

Valeu e brigadão mais uma vez. Aliás, parabéns pelo blog.