quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Os Novos Bahianos - É Ferro Na Boneca!

Já que a pauta está sendo o início dos anos 70, vamos dar continuidade com outra peça rara que aparece dando ponta pé inicial tanto na década, como na própria carreira... "Ferro na Boneca" álbum de estréia do então ainda desconhecido grupo "Novos Bahianos" (note-se que havia até um "h" no nome que foi retirado logo no segundo disco), o grupo era formado apenas por Moraes Moreira, Galvão, Baby Consuelo e Paulinho Boca de Cantor. Eles foram apresentados por Tom Zé ao diretor da RGE que na época era João Araújo (um dos principais produtores daquela moçadinha toda do movimento tropicalista). O álbum que levou poucos dias pra ser produzido teve seu lançamento em Fevereiro daquele ano. Outro "detalhe" (que na verdade não é detalhe), é com relação a quem assina os arranjos e dá toda a cara pro álbum, adivinhem quem foi?...... siiiiiiiiiiiiiiim minha gente ele mesmo de novo, o meu herói, mestre maior do qual muito pouca informação tenho... CHIQUINHO DE MORAES, chego ao "exagero" de dizer que este deveria ser um disco de Chiquinho de Moraes com participação especial dos Novos Bahianos hahahahahaha (que foda!). Leia isso:

Comentário feito por Moraes Moreira a respeito:

“Éramos somente nós cantando... de instrumento somente meu violão. Chiquinho De Moraes fez todos os acompanhamentos, pois Pepeu e Jorginho ainda não tinham entrado para o grupo”.

Ou seja, toda a estética sonora contida no disco é praticamente dele, quando vocês estiverem ouvindo, talvez compreendam o que digo. Com esse disco meio que fecho uma trilogia do Chiquinho, (tem outro álbum que ele participa que também é de cair o queixo e que postarei na seqüência), uma pena se saber muito pouco a respeito, pode ser que eu não esteja procurando direito, ou pode realmente não existir, porém, assim que conseguir informações vocês com certeza também saberão!

O Lp saiu com 13 faixas das quais 9 delas fizeram parte da trilha sonora de dois filmes do cinema marginal brasileiro: "Caveira My Friend" do diretor Álvaro Guimarães e "Meteorango Kid: o Herói Intergaláctico" do diretor André Luiz Oliveira.

Além das 13 faixas oficiais do Lp eu acrescentei mais 7 faixas, 6 que saíram em compacto duplo no mesmo ano e outra que faz parte do segundo Lp de Tom Zé. Tem várias que merecem destaque, mas vou citar apenas 4, são elas: "Eu De Adjetivos" prestem atenção nos trumpets, "Outro Mundo, Outro Mambo", "Baby Consuelo" essa é o ápice da lisergia, e "Tangolete" música e letra excelentes além do arranjos de cordas que dispensam comentários, escutem. Por hora é isso...

"...é pluft, pluft, pluft, pluft, pluft é ferro na boneca é no gogó neném... " rsrsrs


Para Baixar e Sair Sacundindo: Os Novos Bahianos - 1970 - É Ferro Na Boneca!


Para Saber Mais: Biografia Novos Baianos


Para Assistir e Sacundir: Novos Baianos RadiolaTrama


Postado Por Marcel Cruz


3 comentários:

alexandre.maia disse...

Quer dizer que essa expressãozinha meio chula que nomeia uma banda de "fuleiragem music" não é exatamente nova?
Taí uma boa descoberta!

Marcel Cruz disse...

É meu amigo, (cantando): "...isso é coisa da antiga..." rsrsrs

Abração e valeu pelo coment!

Marcel Cruz

Anônimo disse...

Fantástico disco.
É que decir do blog...
ma-ra-vi-llo-so !!!!
Un saúdo dende a Espanha.