sábado, 27 de setembro de 2008

The Beatles - Revolver

Eu pretendia começar a postar os discos do movimento tropicalista que, como alguns já sabem, é meu ópio, minha droga mais venerada, idolatrada salve, salve rsrsrs, porém, parei um momento e cheguei a conclusão de que, não posso iniciar as postagens e o assunto "Tropicália" sem que antes vocês, meus caros leitores, tomem conhecimento de no mínimo dois álbuns que nortearam boa parte do movimento.

O movimento explodiu em 1968 e na minha opinião o embrião foi fecundado em 1966 e ganhou forma e sustância em 1967, o nascimento no ano seguinte seria inevitável. Vejam vocês que a gestação foi um tanto longa, mas com um resultado altamente satisfatório.

É realmente impossível ouvir os álbuns dos Beatles dessa época e sair ileso, se hoje eles ainda causam impacto em quem os ouve pela primeira vez, imaginem vocês o que deve ter se passado na época, temos um "hiato" de 40 anos aqui.
O primeiro álbum que penso ser indispensável para que possamos entender e ter idéia da gênese tropicalista, foi lançado no ano de 1966 e se chama "Revolver", a meu ver é aí que se dá a fecundação.

Nele encontramos boa parte da estética que o tropicalismo incorporaria: Irreverência, experimentos, música folk, fusões culturais, arranjos sinfônicos e mais um milhão de coisas. São 14 faixas e a cada faixa uma surpresa, uma senhora porrada, um nocaute, um delírio arrebatador, ou estarrecedor como queiram, enfim, até então, nada tinha passado sequer por perto, moderno? Acho que mais que isso, sem se saber seria atemporal.

Essa atemporalidade se deve ao quinto elemento do grupo: George Martin, o produtor dos Beatles. Siiiiiim, ele foi o mago por traz de tudo isso, no ano seguinte, 1967, sua produção chegaria ao ápice da genialidade, mas isso é assunto pra outra postagem...

Por hora esse nos basta. Novamente avisando: Não me responsabilizo por dependência alheia, cuidado! Pois o percentual de que vc vai ficar viciado nesses álbuns na primeira audição é de mais ou menos 90%, rsrsrs.

Abração e quer saber? Não tenham medo de sofrer desse vício não, pois é bom pra caraaaaaaaaaaaaaalho!!! rsrsrsrs Fui!!!


Para Baixar e Sair Sacundindo: The Beatles - 1966 - Revolver


Postado Por Marcel Cruz

8 comentários:

Michelle Nasser disse...

Muito mais que coincidência...
Eu diria freqüência!
Ou seria sintonia?

Fantástico.

Anônimo disse...

Este é sensacional!
Altamente recomendado.
Grande revolução logo na primeira audição!
Estava meio sumido, mas estou de volta Marcel.
Abração,
Tárcio.

alessandro disse...

Um dos meus preferidos, ao lado do Sargento Pimenta que, com certeza, vc vai postar em breve... Visito sempre o seu blog e baixo tudo (ou quase tudo) e agora que vai rolar um momento Tropicália, vou acompanhar ainda mais de perto, pois tb sou fã desse momento da MPB! Tomara que vc poste uns discos que eu não tenho, tipo o da Nara, que é difícil de achar... Abraços e parabéns mais uma vez pelo blog!!!!!

Studio 107 disse...

Destaque para "I Want To Tell You". Apreciei a sonoridade da referida composição.

Bel disse...

Fiquei de cara qdo passei por aqui para aquela visitinha costumeira e dei de cara com Revolver!!! Álbum mega master especial para mim, pois foi à partir dele que “aprendi” a ouvir Beatles. Como boa ex-namorada de músico digo que ouvir música é uma arte. Confesso que antes de namorar um músico, ouvir música era simplesmente ouvir música ... uma banda era pra mim um emaranhado de sons indecifráveis ... Aprendi com ele a ter um “ouvido musical” e à partir desse momento distinguir todos os instrumentos, diferentes sonoridades, efeitos etc... e ouvir música se tornou uma espécie de êxtase desde então!!! Voltando à Revolver ...rs... foi ele quem me apresentou como sendo seu álbum preferido dos Beatles e na ocasião me disse – “Isso é uma jóia...uma preciosidade...depois dele muita coisa mudou na música” . Desde então passei a ouví-lo com muita atenção ... e Beatles se tornou para mim algo muito além do “Help I Need Somebody” ...rsrs .... sempre deliroooo!!!!!! Faz parte da minha história e do meu amor pela música!!!! Valeuuu...bjssssss

Cecília disse...

Esse e o rubber soul são os meus preferidos. e eu não consigo ouvir um sem ouvir o outro na sequência.

bjo!

Leonardo disse...

Álbum fantástico. Mas, como Cecília, voltaria um álbum a mais na história: Rubber Soul. Alí já aparecem alguns dos elementos que foram desenvolvidos para chegarem ao Revolver e Sgt. Pepper: os arranjos cuidados, a seleção das faixas, o experimentalismo de estúdio (olha o George Martin aí...)

De fato Paul já deu declarações de que "Pet Sounds", dos Beach Boys, foi fundamental para eles prepararem Sgt. Pepper. E, por sua vez, Brian Wilson (líder Beach Boy) diz que "Pet Sounds" saiu como resposta dele ao Rubber Soul.

De qualquer forma é uma fase ótima, momento lindo.

Paulo disse...

revolver mostra que realmente,eles são os músicos mais criativos de todos os tempos. ´Paulo, Belo horizonte, Vila oeste.