segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Torquato Neto - Um Poeta Desfolha a Bandeira...

Outro elo entre tropicalistas e malditos. Torquato Neto, o poeta maldito.

Torquato foi uma das figuras chave no desenvolvimento da poética tropicalista, fez parte do seleto grupo desde o início, é dele a genialíssima letra de "Geléia Geral" musicada por Gil e de "Mamãe Coragem" musicada por Caetano, ambas para o álbum do movimento, no ano de 1968 só com Caetano e Gil tiveram bem umas 7 composições, a produção foi intensa. O álbum aqui presente se trata de uma coletânea póstuma lançada em 1985 pelo Centro de Cultura Alternativa Rio/Arte em parceria com a Secretaria de Cultura do Piauí. O volume teve a magra tiragem de apenas 2000 cópias, das quais uma se encontra em minhas mãos, rsrs.

Originalmente doze composições integram o álbum, é claro que não poderia me ater a apenas 12 faixas, por isso o arquivo que vocês terão acesso contém 7 faixas bônus. As datas das gravações vão de 1966 a 1973, infelizmente, ou felizmente, rsrs, nenhuma na voz de Torquato pela óbvia razão de Torquato não ser cantor.

Os intérpretes formam um time de primeira grandeza, temos Elis Regina em "Veleiro", Edu Lobo & Maria Bethânea em "Pra Dizer Adeus" e "Lua Nova", Nara Leão em "Vento De Maio" e "Deus Vos Salve Essa Casa Santa", Jards Macalé em "Let's Play That", Gal Costa em "Zabelê", "Mamãe, Coragem", "Três Da Madrugada", "Coisa Mais Linda Que Existe", "Minha Senhora" e "Nenhuma Dor", com Caetano Veloso temos "Ai de mim Copacabana" e com Gilberto Gil: "Louvação", "A Rua", "Marginália II", "Geléia Geral", "Todo Dia é Dia D" e "Domingou".

Torquato foi jornalista e multi artista, além de poeta e escritor atuou como protagonista do filme "Nosferato no Brasil" do cineasta Ivan Cardoso e dirigiu o filme "Terror Da Vermelha", isso pouco antes de partir pra outra. Nos links abaixo vocês terão mais detalhes.

Ah! E voltando ao disco, fiz a substituição de duas faixas que estavam no volume original, troquei "Louvação" que estava na interpretação de Elis e Jair Rodrigues pela de Gilberto Gil e "Pra Dizer Adeus" também com Elis troquei pela versão com Edu Lobo e Bethânea. E fim de papo!... Ta legal...

"Mamãe mamãe não chore, a vida é assim mesmo eu fui embora..."



Para Baixar e Sair Sacundindo: Torquato Neto - 1985 - Um Poeta Desfolha a Bandeira...


Para Saber Mais: Torquato Home Page - Fotos de Nosferato no Brasil - Biografia


Para Assistir e Sacundir: Torquato e o Cinema - Terror Da Vermelha - Trinta anos Sem Torquato - Nenhuma Dor (Com Gal)


Postado Por Marcel Cruz

7 comentários:

Arthur disse...

só eu tive problemas para baixar? O download fica pela metade, vai ate a faixa 11.


Marcel, tem como resolver isso, pro favor? To seco pra ouvir essas do Torquato :)

Marcel Cruz disse...

Oi Arthur! Subi novamente o arquivo, mas mesmo assim antes de apagar o outro fiz o download e aqui rolou tudo certinho.
O problema que ocorreu pode ter sido pelo fato do nome do arquivo ser grandinho, aí dependendo de onde vc esteja salvando ele não vai descompactar e vai dar a mensagem de que o nome é muito grande e que não será possivel criar um caminho pro mesmo.
Minha dica é que vc salve no desktop e descompacte ali mesmo, depois vc transfere pra pasta que usualmente guarda teus arquivos de músicas, acho que é isso, espero que dê certo.

Abração se cuida até...

E vamo que vamo que o som não pode parar!!!

Marcel Cruz

Arthur disse...

Consegui Baixar!!! Valeu marcel, curto muito teu blog

Marlon Maciel disse...

Olá, Marcel! Estava faltando justamente esse disco pra completar a minha coleção tropicalista. É a primeira vez que ouço "Três da Madrugada" com a Gal. Poxa, fico até sem palavras pra agradecer. Parabéns pela iniciativa de compartilhar trabalhos como esse. Abraço.

Lucas Vieira disse...

Melhor aquisição deses últimos tempos. Baixei faz uns meses e volto aqui pra dizer que não me canso de escutar...

marcos assis disse...

marcel, muito obrigado mesmo pelo ótimo trabalho! tenho encontrado e até conhecido muita coisa por aqui.
e os seus textos sobre os álbuns também são muito bons de ler, acho isso muito importante, que rola uma indicação, um ponto de vista sobre o álbum; as coisas não ficam dispersas, sem referência.
é um diferencial com outros blogs que eu conheço (não que esse tipo de atividade seja ou deva ser competitiva), me faz recorrer a aqui em primeiro lugar sempre que eu quero encontrar ou conhecer algo.

as intervenções de músicas bônus que você faz também são muito felizes e bem vindas.

só fiquei mesmo curioso pra conhecer as versões das músicas que você tirou/trocou desse álbum. é possível você me passar ou indicar algum lugar onde tenha?

forte abraço!

Lidi disse...

Bendito sejas;M.Cruz!
Estava,faz um tempão,atrás deste àlbum.

Fico muito Grata,querido!
Beijos