quinta-feira, 2 de setembro de 2010

The Juju Orchestra - Bossa Nova Is Not a Crime

É moçada 2007 foi realmente o ano do Sacundin! The Juju Orchestra é mais um projeto que teve seu debute (em Long-Play) naquele ano. E que projeto!

A fusão entre dj, instrumentistas e cantores quando bem arquitetada gera coisas incríveis! Caso facilmente percebido na 'Juju'.

Aliado ao bom gosto relacionado a timbragem dos elementos, os integrantes da Juju tiveram a felicidade de escolher muito bem os convidados que participariam do projeto. Estão presentes os cantores Terry Callier e Robert Smith (do The Cure), e as cantoras Carolyn Leonhart e a brasileira Katia B que representa muito bem nossa terrinha, aliás, o que não poderia faltar nessa estréia era um brasileiro, haja visto que eles declaradamente sofreram influências de vários de nossos músicos, fato facilmente constatado já no nome escolhido para o álbum.

O álbum é composto por 8 faixas incríveis. A primeira "This is Not a Tango", traz no nome o aviso de que não é realmente um tango, pois apesar do bandoneon e do pianão fazendo uma linha de baixo característica, a levada da bateria é totalmente Bossa Nova e a percussão tem uma 'vibe' bem caribenha, sacada genial! Em seguida temos a excelente participação de Terry Callier e Carolyn Leonhart em "What Is Hip". A terceira faixa é ...'uma espécie de ritmo latino que não chega a ser realmente Bossa Nova mas algo que se aproxima e que pode até ser confundida com a mesma por ser um tipo de...' rsrs é mais ou menos isso o que diz no sampler que eles puseram na música, o nome da faixa é "Kind of Latyn Rhythm".

Na seqüencia vem "Take Four" e "Do It Again" esta com Carolyn Leonhart e Robert Smith nos vocais.

As demais são: "El Bravo", uma salsa suingadíssima, "Não posso demorar", que conta a participação de Katia B e que em alguns momentos me lembra um pouco a música "Proton, eletron e Neutron" de Marcos e Paulo Sergio Valle gravada em 1968 no álbum 'Viola Enluarada', ambas geniais!

Fechando o volume temos "Funk Nassau", um flerte bem funkeado com o Afrobeat de Fela Kuti, muuuito bom!

Antes que eu me esqueça vamos aos integrantes da Juju Orchestra:

A Juju Orchestra tem seu núcleo base formado por três músicos germânicos: Oliver Belz, Sammy Kilic e Ralf Zitzmann criador e responsável pelo selo Agogo Records, selo que lançou a 'Juju' no mercado. Essa formação se expande quando se apresentam ao vivo chegando a mais ou menos 12 integrantes, (pelo que entendi esse número é variável).

Acho que é isso... Agora é só cair no inacreditável suingue alemão! Vocês irão se surpreender!!! Uhullll!!!



2 comentários:

Under Son disse...

Antes de tudo gostaria de agradecer imensamente a você por esse trabalho. Nesses três anos seu blog tem alimentado meu mp3 player com música "da boa" e até hoje eu não tinha vindo agradecer... Perdão. Que JAH ilumine seu caminho, irmão.

Uma dica: conhece o http://www.jamendo.com ? Se não conhece, vai lá que você vai gostar.

Abraço.

milena disse...

Marcel, excelentes esse e o Lack of Afro, do post anterior...

Se cabe aqui uma dica (ou um pedido :) recomendo a trilha sonora do filme alemao "Soul Kitchen". Ainda nao ouvi os cds, mas durante o filme todo (muito divertido por sinal) fiquei sacudin na poltrona do cinema.

Abraco e parabens pela iniciativa)