sábado, 23 de fevereiro de 2008

Waltel Branco - Meu Balanço

O ano era 1975 Waltel tinha acabado de gravar um disco com Roberto Carlos e como tudo foi rápido, sobraram algumas horas de estúdio a serem usadas, o produtor pergunta se Waltel não quer fazer um disco com aquelas horas, ele aceita e é assim que nasce um dos melhores discos de Funk Brasileiro: "Meu Balanço". Segundo o próprio Waltel essa jóia foi concebida ali no calor da hora, simples assim, sim, simplesmente fenomenal, basta ouvir uma única vez que é inevitável não querer reouvi-lo. Waltel inicia o volume com uma versão da clássica "Luar Do Sertão" que faria Catulo Da Paixão Cearense (que era careca) vestir um piruca BlackPower e sair sacundindo no funk. Os demais temas são todos temas originais e seguem a mesma linha da composição de "Catulo": funks de primeiríssima qualidade intercalados com alguns temas mais calmos. É um álbum bastante raro no Brasil, porém, existem reedições na Europa toda, a única vez que topei com o vinil disso aí infelizmente tava sem grana alguma, e por ser da época originalzinho não tava baratinho não rsrsrsrs.

Os temas de uma forma geral caberiam em qualquer filme policial da década, uma peninha eu não saber da ficha técnica, até essa é uma boa coisa pra se tentar conseguir, mas enfim, no momento não sei quem tocou no disco. Meu destaque vai para as seguintes faixas: A faixa título "Meu Balanço", "Lady Samba", "Jael", "Satirycon" e "Zoraia". Esse é de fato indispensável, logo, se você ainda não conhece: demorou! Baixe logo e escute no último volume!!!

Ah! O curta aí embaixo é recomendadíssimo, assistam! Fui!

Para Baixar e sair Sacundindo: Waltel Branco - 1975 - Meu Balanço


Para Saber Mais: Curta-Metragem Descobrindo Waltel


Postado Por Marcel Cruz

OBS* A ficha Técnica foi conseguida e esta nos comentários logo abaixo.

6 comentários:

Marcel Cruz disse...

Amizade via blog é realmente demais!!! Olhem o que recebi ontem do Rafa Terpins que é responsável pelo blog: http://dovinil.blogspot.com/

"Fala Marcel!
Felizmente eu consegui achar este vinil (da reedição) na Disco 7 (Carlinhos) em SP. A Ficha técnica é a seguinte:

Arranjos e Regências: Waltel Branco
ORQUESTRA DE CORDAS "CBS" Regência Mario Tavares
Trumpetes:
Formiga-Maurilio-Darcyr e Marcio
Trombones:
Edmundo Maciel-Sylvio-Nelsinho
Trombone-Baixo:
Flamarion
Flauta:
Jorginho
Sax Alto e Soprano:
Netinho
Sax Baritono:
Aurino
Sax Alto:
Meirelles e Jayme Araujo
Baixo:
Luizão e Sergio Barroso
Bateria:
Paulinho e Picole
Guitarras:
Helio Capucci e Waltinho
Tumbadoura:
Hermes
Cuica:
Nenem
Piano:
Sergio Carvalho
Harpa:
Maria Celia
Baixo Acustico:
Juan Cacopianko
Ritmo:
Gilson de Freitas

Tecnico de gravação e mixagem:
EMiliano
Arregimentador:
Gilson de Freitas Couto Mello
Montagem:
Mario Rebelo
Fotos:
Walter D'Avila Filho
Efeitos fotográficos:
Armando Canuto
Lay-out:
Géu

Dir. Artística:
Walter D'Avila Filho

ufa...é isso...
Assim o post fica completo.
Também tenho um disco do Waltel da trilha de "Assim na terra como no céu" você tem este? Senão eu subo no site. Valeu pelas boas dicas de sempre.
[ ]s "

Viram? Depois dessa...

Que mai que tu qué? rsrsrs

Como era de se imaginar, só fera envolvido no projeto.

Então é Isso aí, post completíssimo.

Abração se cuidem e Rafa, valeu meeeeesmo!!!
Outra coisa, não tenho a trilha não, sobe ela pra gente.

Fui!

Marcel Cruz

Céci disse...

estou dando uma passadinha pra procurar alguma coisa, faz tempo que não baixo nada desse blog, me fez falta :D

Yerblues disse...

Marcel, eu nunca deixo de me assombrar como o "Brasil" se permite esquecer de músicos como o Waltel, o Marcos Valle e tantos outros gênios que ficam aí, à margem. A onda de relançamentos de discos "clássicos" já dava uma ponta de esperança na tendência de uma reavaliação geral, mas ainda ficava só na esperança. Felizmente os blogs de música chegaram e são uma grande janela pra esses caras. Agora, só não conhece quem não quer. Não tem mais desculpa pra ficar ouvindo porcaria. Obrigadasso.

Cavalo Ruivo disse...

Pra quem curtiu o "Meu Balanço" desse gênio Waltel Branco, sugiro baixar o disco de Airto Fogo, um de seus pseudônimos. De 1976, trata-se de um funk um pouco mais agressivo e americanizado (no bom sentido). O disco tem uma sonoridade muito impressionante pra época, no Brasil. Está postado em www.cavalo23.blogspot.com .Por favor, se alguém tiver mais informações sobre a ficha técnica, agradeço eternamente. Um grande abraço e parabéns pelo blog. Já está nos nossos favoritos!

Anônimo disse...

Olá,

Muito bom o blog, e este disco também. Gostaria de saber se todas as músicas, exceto "Luar do Sertão", são composições de Waltel Branco?

Abraço

Paulo

Marcel Cruz disse...

Boa pergunta Paulo, não tenho certeza mas vou verificar e te respondo em breve, abração!!!